domingo, janeiro 23, 2005

O melhor dos mundos possíveis

- O senhor é decerto o proprietário duma vasta e magnífica fazenda - disse Cândido ao turco.

- Tenho apenas vinte jeiras - respondeu o turco - cultivo-as com os meus filhos. O trabalho afasta de nós três calamidades: o aborrecimento, o vício e a pobreza.

Cândido, ao voltar para a granja, ruminou profundamente a frase do turco. Disse a Pangloss e a Martin:

- Este bom velhote parece-me estar na posse duma sorte preferível à dos seis reis com quem nós tivemos a honra de cear.

- As grandezas - disse Pangloss, são muito perigosas, segundo dizem todos os filósofos. Senão vejamos: Eglon, rei dos moabitas, foi assassinado por Aod; Absalão foi pendurado pelos cabelos e foi atravessado por três dardos; o rei Madab, filho de Jeroboão, foi morto por Baza; o rei Ela por Zambri; Ochosias por Jehu; Atalia por Joïada; os reis Joaquim, Jechonias, Sedecias, foram escravizados. Toda a gente sabe como morreram Creso, Astiago, Dario, Denis de Siracusa, Pirro, Perseu, Aníbal, Jugura, Ariovisto, César, Pompeu, Nero, Otão, Vitelius, Domiciano, Ricardo II de Inglaterra, Eduardo II, Henrique II, Ricardo III, Maria Stuart, Carlos I, os três Henriques de França, o imperador Henrique IV. Toda a gente sabe...

- Também sei - interrompeu Cândido - que é preciso cultivar a nossa horta.

- Tens razão - respondeu Pangloss - porque quando o homem foi posto no Paraíso mandaram-no trabalhar; o que prova não ser o homem um ente criado para o repouso.

- Trabalhemos sem discorrer - disse Martin - porque é o único meio de tornar a vida sofrível.

Todo o grupo concordou com a proposta e cada qual tratou de mostrar os seus talentos. A granja rendeu muito dinheiro. Cunegundes estava feia, para falar verdade, como um mostrengo, mas soube ostentar habilidades de doceira; Paquette bordava; a velha cuidava das roupas. Até o frade Giroflée se tornou útil, fazendo perfeitamente trabalhos de carpintaria; chegou mesmo a ser um homem honesto. Pangloss dizia algumas vezes a Cândido:

- Todos os sucessos estão encadeados no melhor dos mundos possíveis; porque enfim, se tu não fosses expulso dum formoso castelo com grandes pontapés no traseiro por amor da menina Cunegundes, se tu não tivesses passado pela Inquisição, se tu não corresses a América a pé, se tu não espadeirasses o barão, se tu não perdesses todos os carneiros do maravilhoso Eldorado, tu não comerias aqui os frutos da terra.

- Tudo isso é muito bonito - respondeu Cândido - mas é preciso cultivar a nossa horta.

(in "Cândido", Voltaire, Guimarães Editores)

Sem comentários:

Malditas praxes

Mais um ano letivo, mais uma temporada de praxes. Com trinta graus, andam com capas de lã e de collants aos berros durante horas e horas, a ...