quinta-feira, janeiro 27, 2005

60 anos depois da libertação do campo de concentração de Auschwitz

Exploração, violência, humilhação, assassinatos científicos em massa. Tanto ódio. Terrível ódio. Poderemos alguma vez compreender o que passou pela cabeça de tantos alemães?

(E poderemos alguma vez compreender os neo-nazis? E os deputados alemães que, ainda há dias, recusaram prestar homenagem às vítimas dos nazis?)

Sem comentários:

Malditas praxes

Mais um ano letivo, mais uma temporada de praxes. Com trinta graus, andam com capas de lã e de collants aos berros durante horas e horas, a ...