quinta-feira, outubro 21, 2004

Xisto

O xisto perturba-me pela facilidade com que se desintegra nas minhas mãos. Bastam simples gestos distraídos para que pedras milenares se tornem lascas. É muito frágil, este nosso mundo. E o nosso poder de destruição é imenso.

Sem comentários:

Malditas praxes

Mais um ano letivo, mais uma temporada de praxes. Com trinta graus, andam com capas de lã e de collants aos berros durante horas e horas, a ...