sexta-feira, outubro 08, 2004

O poder é perverso

"O professor afirmava que o poder é perverso e que quem o detinha era a escória da sociedade, porque na disputa social só triunfavam os mais violentos e sanguinários. Era necessário, por isso mesmo, combater qualquer forma de governo e deixar os homens livres num sistema igualitário."

(in "De Amor e de Sombra", Isabel Allende, Difel)

Sem comentários:

Malditas praxes

Mais um ano letivo, mais uma temporada de praxes. Com trinta graus, andam com capas de lã e de collants aos berros durante horas e horas, a ...