quinta-feira, dezembro 30, 2004

Orkut, ou uma entrada de outro mundo

1. Hoje, depois de longo desinteresse, fui espreitar a conta de um alter-ego de Laurindinha no Orkut. Pelo que é indicado, o sistema já tem 3314973 utilizadores.

O Orkut é uma "comunidade" associada ao Google em que se entra por "convite" de um membro, e que serve, supostamente, para conhecer outras pessoas, nomeadamente os amigos dos amigos, ou pessoas com interesses comuns. (Pergunto-me se o sistema de entrada por convite não teria sido um ensaio para o GMail.)

2. Não o escrevi no campo indicado, mas o meu interesse pelo Orkut, que me levou a aceitar um "convite" que recebi não foram os "amigos", nem os "colegas", nem as "redes comerciais" nem os "dates", mas a curiosidade em perceber como o sistema funcionava e quais as suas potencialidades.

3. A primeira surpresa são os formulários do perfil. Perguntam-nos quase tudo o que imaginar se possa. Por exemplo, o grupo étnico (os identificados pela cultura americana), a religião, a posição política, o tipo de sentido de humor, o estilo do vestuário, se se fuma e como, se se bebe e como.

Algumas das respostas possíveis são inesperadas. Por exemplo, quanto à orientação sexual, entre outras, pode ser-se bissexual, mas também bi-curioso...

Sobre animais de estimação, pode escolher-se "adoro os meus animais de estimação", "gosto deles nos jardins zoológicos", "gosto de animais domésticos" e "não gosto de animais domésticos". Esta era mesmo difícil... Felizmente, havia a hipótese de não responder.

4. Para a informação mais sensível, há a possibilidade de escolher partilhá-la com todos, com os amigos e amigos dos amigos, só com os amigos, ou com ninguém.

5. Aquela ideia de que se pode criar uma rede de todas as pessoas do planeta sendo a distância entre cada duas inferior a um número inteiro relativamente baixo está sempre presente. E, de facto, não é preciso passar de amigo a amigo muitas vezes para se chegar a uma figura pública ou a alguém que se conhece de algum lado.

6. Uma das coisas mais curiosas do Orkut é a distribuição por países dos seus utilizadores: o Brasil tem uma fatia de 62%, deixando os Estados Unidos em segundo lugar apenas com 11% (em terceiro lugar aparece o Irão com 8%)! Deve ser moda no Brasil ter e fazer amigos no Orkut. Só posso dizer que, definitivamente, não entendo estes brasileiros...

Sem comentários:

Malditas praxes

Mais um ano letivo, mais uma temporada de praxes. Com trinta graus, andam com capas de lã e de collants aos berros durante horas e horas, a ...