quinta-feira, abril 13, 2006

Splash!

Dispara-se para chegar com as mãos ao fundo da piscina. Depois, ensaia a posição fetal, para regressar ao cimo como um ovo. Abandona-se por fim à superfície. Mil búzios ecoam na ondulação em volta, abafando a música ambiente e as vozes distantes. A luz do sol vem filtrada como uma carícia. A tecnologia permite dispensar o cloro, mas usa os óculos para que a água não atrapalhe a visão. Fecha os olhos e goza.

Sem comentários:

Malditas praxes

Mais um ano letivo, mais uma temporada de praxes. Com trinta graus, andam com capas de lã e de collants aos berros durante horas e horas, a ...