quarta-feira, abril 12, 2006

Eli, Eli...

Hesito, por vezes, em transcrever aqui alguns dos meus textos preferidos: não quero ser desmancha-prazeres para quem vá ainda ler a obra em causa. Por isso, hoje evoco apenas, do livro "Contacto", de Carl Sagan, os extraordinários registos sobre fé e revelação. Quem leu há-de saber ao que me refiro (mas não quem apenas viu o filme).

Sem comentários:

Malditas praxes

Mais um ano letivo, mais uma temporada de praxes. Com trinta graus, andam com capas de lã e de collants aos berros durante horas e horas, a ...