domingo, maio 21, 2006

Solidarité

Para onde foi este impulso que deu origem à palavra de ordem? Como se pode defender que se quer pagar menos impostos quando há tanta e tanta gente que não se importaria de pagar mais, mesmo muito mais, se tivesse rendimentos que o justificassem? E há médicos, juizes e professores que cheguem?

Sem comentários:

Malditas praxes

Mais um ano letivo, mais uma temporada de praxes. Com trinta graus, andam com capas de lã e de collants aos berros durante horas e horas, a ...