domingo, maio 07, 2006

Receita

A propósito de uma receita do Livro de Pantagruel, alguém comentou que "alguns livros de culinária parecem livros de instruções para jagunços". Não é bem o caso do Pantagruel... De qualquer modo, aqui fica outro estilo de apresentação de receitas, do livro "Afrodite", de Isabel Allende. É um livro bastante original, muito bem-humorado, de que retive especialmente as histórias "Uma Noite no Egipto" e "Colomba na Natureza".

Esta não é, definitivamente, a versão "mais simples" da mousse de chocolate, nem a menos calórica... Mas o que é que isso interessa aqui?


Mousse de chocolate


É a sobremesa afrodisíaca por excelência, obrigatória nos bons restaurantes e um convite formal ao amor. Existem muitas versões desta sobremesa; aqui vamos dar a mais simples. Se se estragar, finja que ficou exactamente como pretendia e sirva-a em taças. Se mesmo assim não ficar apresentável, utilize-a como loção para massagens sensuais.

Ingredientes

170 g de chocolate negro
3 colheres de sopa de café forte
2 ovos, gemas e claras batidas em castelo separadamente
1/2 chávena de natas espessas
1 colher de sopa de licor de laranja
Umas gotas de baunilha

Preparação
Dissolva o chocolate em lume brando no café. Deite as gemas, mexa e cozinhe durante 2 minutos. Retire, deixe arrefecer e junte as claras, as natas, a baunilha e o licor. Ponha no frigorífico em taças que pode enfeitar a seu gosto.


Bon appetit!

Sem comentários:

Malditas praxes

Mais um ano letivo, mais uma temporada de praxes. Com trinta graus, andam com capas de lã e de collants aos berros durante horas e horas, a ...