sábado, janeiro 28, 2006

(...) [Mário Soares] É quem é. Se enterrar depressa a frustração, verá que não perdeu qualquer influência na esquerda, no PS ou na política portuguesa. Avisou que não dormia bem com Cavaco na presidência. Não tardará que muita gente se lembre.
VPV, Público, 28.1.06

Será que ainda vamos ouvir falar de oposição à Presidência da República? De um "presidente-da-república-sombra"?

Sem comentários:

Malditas praxes

Mais um ano letivo, mais uma temporada de praxes. Com trinta graus, andam com capas de lã e de collants aos berros durante horas e horas, a ...