quinta-feira, dezembro 08, 2005

Haikais de Boticas

O anel do monte
feito de nuvens.
Chove.

A moto-serra ruge,
longe. Perto, cai
uma folha.

Delicada estrada
para pequenos pés de pássaro.
Fios.

Solitária e cristalina
água. Leva-me
para a terra que me pertence.

(Abrupto)

[daqui]

Sem comentários:

Malditas praxes

Mais um ano letivo, mais uma temporada de praxes. Com trinta graus, andam com capas de lã e de collants aos berros durante horas e horas, a ...