quinta-feira, janeiro 04, 2007

Forca

[...] Se a corda fosse longa e permitisse a queda do corpo, podia ocorrer uma ruptura das vértebras cervicais, e a secção da medula espinal provocava a paragem da função respiratória e, assim, uma morte rápida.

Caso as vértebras cervicais não se rompessem (normalmente por ser usada uma corda curta), o condenado morria por asfixia causada pelo laço, tanto por obstrução respiratória quanto pela obstrução das veias jugulares e artérias carótidas.

Muitas vezes esse método era visto como uma "Morte Suja", pois podia ocorrer libertação de fezes ou urina por perda de controlo sobre os esfincteres durante a morte. Essa tal "Morte Suja" ofendia a moral do condenado e até mesmo a de sua família.
[...]

*

Methods of judicial hanging.

(Wikipedia)

Sem comentários:

Malditas praxes

Mais um ano letivo, mais uma temporada de praxes. Com trinta graus, andam com capas de lã e de collants aos berros durante horas e horas, a ...