quarta-feira, agosto 17, 2005


(Albrecht Dürer)


Canção a caminho do Céu
(excerto)

As mãos que trago, as mãos são estas.
Elas sozinhas te dirão
se vem de mortes ou de festas
meu coração.


(Cecília Meireles)

Sem comentários:

Malditas praxes

Mais um ano letivo, mais uma temporada de praxes. Com trinta graus, andam com capas de lã e de collants aos berros durante horas e horas, a ...