Avançar para o conteúdo principal

Maria Albertina

Maria Albertina, deixa que eu te diga...

Esse teu nome eu sei que não é um espanto
Mas é cá da terra e tem, tem muito encanto

Maria Albertina, como foste nessa
De chamar Vanessa à tua menina?

Que é bem cheiinha e muito moreninha.


(António Variações)


Esta canção traz-me à memória os nomes com muito encanto "cá da terra", de tanta gente de outras gerações, e que agora surgem com menos frequência.

Eram não só as Marias Albertinas, mas também as Clementinas, as Ludovinas, as Cesaltinas, as Gracindas, as Armindas, as Marílias, as Laurindas (pois claro!), as Lucindas, as Lucílias, as Cecílias, as Celinas...

Querem acrescentar os da vossa memória?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Registo

Boas notícias: em S. Tomé e Príncipe, o candidato derrotado aceitou os resultados das eleições e felicitou o vencedor.

Más notícias: em Timor-Leste, segundo a Lusa, o Conselho de Estado "autorizou" (!) o Presidente da República a prorrogar o estado de emergência.

Forças da natureza

Paul Gauguin, "Fatata Te Moua" ("No sopé de uma montanha"), 1892