sexta-feira, fevereiro 10, 2006

Memória curta

Há um putativo candidato a secretário geral da ONU que defendeu, há anos, a pena de morte. Não tive notícia de que tenha mudado de opinião. Será que isso não interessa nada?

Sem comentários:

Malditas praxes

Mais um ano letivo, mais uma temporada de praxes. Com trinta graus, andam com capas de lã e de collants aos berros durante horas e horas, a ...