quarta-feira, setembro 14, 2005

Estudos

O estado paga milhões a escritórios de advogados para fazerem estudos (por vezes, apenas "estudos prévios"...) em áreas em que não são especialistas. Por outro lado, quando há estudos de especialistas, que assim empenham a sua credibilidade científica, as decisões políticas ignoram esses estudos, e seguem critérios demagógicos. Como evitar que isto aconteça?

Sem comentários:

Malditas praxes

Mais um ano letivo, mais uma temporada de praxes. Com trinta graus, andam com capas de lã e de collants aos berros durante horas e horas, a ...