terça-feira, maio 03, 2005

Solidão

Por que haverá, actualmente, tamanho desprezo pela solidão e pelo silêncio do recolhimento? Por que terá tudo de ser frenético, como os carros numa via rápida? De que se foge?

Sem comentários:

Malditas praxes

Mais um ano letivo, mais uma temporada de praxes. Com trinta graus, andam com capas de lã e de collants aos berros durante horas e horas, a ...