Avançar para o conteúdo principal

À reguada*

A memória de um professor da escola primário mais severo pode atravessar gerações numa família... Pergunto-me muitas vezes o que pensaria essa personagem que trago comigo ao ver a proliferação da palavra inexistente na língua portuguesa "á"...

* Nota: Claro que esta pastora não defende as reguadas! (E acha que deve haver explicações psicanalítica para a sua defesa...)

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Registo

Boas notícias: em S. Tomé e Príncipe, o candidato derrotado aceitou os resultados das eleições e felicitou o vencedor.

Más notícias: em Timor-Leste, segundo a Lusa, o Conselho de Estado "autorizou" (!) o Presidente da República a prorrogar o estado de emergência.

Forças da natureza

Paul Gauguin, "Fatata Te Moua" ("No sopé de uma montanha"), 1892