quinta-feira, setembro 23, 2004

Ler jornais é saber mais.

Por isso, sou uma leitora de jornais on-line. Dos portugueses, em particular. Não me queixo da publicidade, nem dos conteúdos pagos, nem do webdesign por vezes sofrível, nem da falta de fotografias, de infografia e de alguns artigos de opinião.

Mas queixo-me das pesquisas que não funcionam (Público), dos arquivos quase impossíveis de usar (Diário de Notícias), dos títulos de primeira página cujos desenvolvimentos não se encontram (Diário de Notícias).

É que o prometido... é devido!

Sem comentários:

Malditas praxes

Mais um ano letivo, mais uma temporada de praxes. Com trinta graus, andam com capas de lã e de collants aos berros durante horas e horas, a ...